Morre aos 71 anos Tavito, compositor de grandes sucessos da MPB


Capa do primeiro LP, lançado em 1979





O Brasil perdeu mais um dos grandes nomes da música. Luis Otávio de Melo Carvalho, mais conhecido como Tavito, morreu aos 71 anos em São Paulo, no dia 26 de fevereiro, em decorrência de um câncer no pescoço.


Mais conhecido em fins dos anos 70 e início dos 80, Tavito teve entre seus maiores sucessos a música Rua Ramalhete, composta em conjunto com Ney Azambuja e lançada em 1979 em seu primeiro álbum solo.


Como compositor, Tavito foi o responsável por várias jóias da música brasileira. Um exemplo está em Casa no Campo, co-autoria com Zé Rodrix que se tornou um ícone na voz de Elis Regina em 1971. Foi gravada por Tavito e incluída também no LP de 79.


Outro grande sucesso que contou com Tavito na composição foi a música Começo, Meio e Fim. Escrita juntamente com Ney Azambuja e Paulo Sérgio Valle, também fez parte do primeiro LP de Tavito e ganhou ainda mais as paradas na interpretação do grupo Roupa Nova, em 1991. 


Curiosamente, Tavito nasceu no mesmo dia 26, mas do mês de janeiro em 1948, na cidade mineira de Belo Horizonte. Foi um dos integrantes do lendário Clube da Esquina, da qual faziam parte também Lô Borges, Milton Nascimento, Beto Guedes, Flavio Venturini, Toninho Horta, entre outros.


Tocou com Vinicius de Moraes nos anos 60 e também fez parte da banda Som Imaginário, no início dos anos 70. Como produtor, Tavito trabalhou com grandes nomes como Renato Teixeira, Sá & Guarabyra, Marcos Valle, entre outros.


Em 1994, a sua composição em conjunto com Aldir Blanc, chamada Coração Verde e Amarelo, tronou-se o jingle oficial das transmissões da Copa do Mundo pela TV Globo. Seu último trabalho autoral foi lançado em 2004, o CD intitulado "Mineiro".





Relembre dois dos clássicos de Tavito:









Compartilhe!:

 
Copyright © Clássicos e Relíquias . Designed by OddThemes